Imprimir
PDF

Palavra do Presidente da OPBB-SP
Pr Marco A F Azevedo

posse2Olá queridos amigos, colegas pastores batistas do Estado de São Paulo.
Neste início de gestão, juntamente com todos os membros da diretoria,

quero convidá-los a uma jornada de convivência harmoniosa,

pacífica e respeitosa baseada no exercício do mandamento de Jesus de amarmos uns aos outros,

porque ainda que tenhamos diferentes dons e capacitações o amor é o "dom supremo" 1 Cor 13.13.
Devemos lembrar da finalidade nobre da existência desta Ordem:
Ela não deve ser vista como uma corporação para atender nossos desejos pessoais;
Entendo que numa ordem de pastores não deve ser lugar para o corporativismo, e nem para o paternalismo ou clientelismo.
Devemos coibir e combater práticas que nossa sociedade cansou de ver na politica que hoje repugnamos.
Além de sermos pastores e crentes, também somos brasileiros com fome e sede de uma prática melhor, mais alta, mais digna – e para isto fomos chamados!
Todos, todos nós somos pastores igualmente. Chamados pelo mesmo Deus que nos vocacionou, servindo à mesma igreja do Senhor Jesus e militando na mesma Causa!
Sei das muitas expectativas em uma nova gestão. Sei das muitas demandas. Das muitas reclamações.
Pensemos antes na finalidade, razão pelas quais este grêmio existe. Parafraseando Kennedy:

"Não pergunte o que esta Ordem pode fazer por você, mas o que você pode fazer pela Ordem".
Fazemos bem à Ordem sempre que:
- nos portamos com ética em nossos ministérios;
-nos relacionamos sob respeito e fraternidade;
-aprimoramos nosso caráter em comparação às Escrituras;
-servimos bem às pessoas do Rebanho;
-respeitamos o outro que pensa diferente;
fazendo assim, preservamos a instituição e glorificamos a Deus.
Cada membro desta Diretoria é um igual a você: e queremos compartilhar o choro, a alegria, os ouvidos e, na medida do possível, sensibilidade para ajudar a resolver problemas que porventura tenhamos que enfrentar.
O nosso compromisso é com a ética, a preservação de nossas doutrinas, a vivência de nosso código de ética, o da Ordem, e principalmente o supremo código de ética chamado Bíblia Sagrada e a respeitosa relação com nossos pares.
Meu profundo respeito pela ORDEM DOS PASTORES BATISTA DE SÃO PAULO, onde desde muito jovem pude ver e admirar grandes vultos a presidirem-na com dignidade; e aos líderes mais recentes com quem aprendi tanto e continuo aprendendo.
"Pelo que nem o que planta é alguma coisa, nem o que rega; mas Deus que dá o crescimento" I Co 3.7
Espero que ao terminar esta jornada, olhemos para trás e vejamos frutos do nosso serviço. Temos muito o que fazer.
Preciso de suas sugestões. Preciso de suas orações. Preciso da sua ajuda.
A Deus Pai e ao Senhor Jesus Cristo o Cabeça da Igreja, sejam dadas toda a Glória. Amém. Obrigado!
No serviço do Mestre Jesus Cristo, servindo seus ministros e igrejas.
Pastor Marco A F Azevedo – Presidente.